Os carros elétricos que dominarão as ruas na próxima década se materializam no Salão do Automóvel de Genebra, aberto ao público essa semana. São compactos que surgem em suas formas finais, embora ainda chamados de conceitos.

Os veículos exibidos na mostra suíça estão sendo desenvolvidos para atingir grandes volumes de vendas. Só assim será possível reduzir os custos de produção e, por consequência, os preços.

 

Mercado europeu

A prioridade das marcas é atender ao mercado europeu, onde as metas de redução de emissões de poluentes e gás carbônico estão prestes a entrar em uma fase inatingível para automóveis com motores movidos a gasolina ou a diesel. O Honda e-Prototype se encaixa nessa nova era.

O compacto de origem japonesa pode rodar 200 quilômetros até precisar de uma recarga e é apresentado como alternativa para centros urbanos.

Estilo retrô é também a característica do Fiat Centoventi, um conceito elétrico que resgata as linhas retas dos modelos Uno e Panda. O nome faz alusão ao aniversário da montadora italiana, que completa 120 anos em julho.

Enquanto Fiat e Honda guardam segredo sobre as datas de lançamento de seus compactos elétricos, a espanhola Seat confirma a produção do el-Born, sua principal atração em Genebra.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *