Da Redação

O processo de restauração de um imóvel não é um momento fácil de encarar, principalmente por conta dos gastos que será necessário aplicar na obra. Entretanto, nem tudo está perdido.

É possível modificar sua casa ou apartamento economizando bastante, segundo orientações do site Juros Baixo. Mas, atenção: nem tudo deve ser barateado, pois o prejuízo pode ser mais custoso no futuro, como eletricidade ou encanamento.

Pesquise! Muito!

Faça uma lista de materiais e visite várias lojas, mesclando grandes atacadistas com lojas menores. Depois, faça a compra alternada, comprando em cada loja aquilo que está com melhor preço.

Fique de olho nas promoções de grandes lojas que promovem queima de estoque.

Faça uma meia parede

Quanto maior ou mais alto o seu banheiro, mais se gastará com revestimento. Logo, uma boa forma de economizar é, ao invés de colocar o revestimento até o teto, usar uma meia parede.

Coloca-se o revestimento inteiro apenas na área do boxe, enquanto no resto do banheiro até a altura da pia.

Ajude na obra

Quanto menos tempo durar a obra, menos dinheiro irá gastar. Menos dias de trabalho para os pedreiros, menos vale refeição. Logo, se você puder ajudar emassando, lixando e pintando as paredes já é uma grande economia.

Uma dica é aprender também coisas fáceis como envernizar portas e rejuntar o piso – tutoriais na internet pode ajudar nessas tarefas.

Outra dica é investir na decoração, de forma que você mesmo possa colocar a mão na massa. Por que comprar uma luminária caríssima na loja se você mesmo pode fazer uma gastando bem menos?

Existem vários vídeos ensinando formas práticas e artesanais de se fazer objetos de decoração usando materiais muito baratos.

Tudo a seu tempo

Uma boa dica para deixar a casa mais estilosa é usar uma parede de tijolos – o que confere uma grande economia. O ar descolado e rústico combina com diversos estilos e cômodos diferentes.

A versatilidade do tijolo fica evidente quando ele é combinado com variadas cores ou usado em preto e branco.

Com a grana curta, dê preferência ao básico primeiro. Detalhes como rodapé, sanca ou rebaixamento no teto podem ser feitos com o tempo. Prefira gastar mais e melhor com um bom piso, pois é um gasto muito maior ter que refazê-lo depois.

Não economize

Em alguns pontos da casa, o barato pode sair caro. O encanamento, a eletricidade e o piso devem receber um ‘tratamento’ especial.

“Os problemas no encanamento podem gerar vazamentos e infiltrações, o que representa um gasto a mais de dinheiro no futuro. O mesmo vale para eletricidade, pois se não for feita de maneira correta, pode gerar um gasto desnecessário de energia causando o aumento da conta. Por fim, comprar o piso mais barato da loja pode ser uma furada. Afinal, se você tiver que refazer o piso, será gasto com pedreiro e material tudo de novo”, orienta os especialistas do site.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *