Da redação

Incluir a atividade física na rotina é sempre um desafio e, no atual momento de circulação limitada, o sofá e a cama tornam-se ainda mais atrativos. De acordo com a cardiologista infantil e médica do exercício e esporte, Silvana Vertematti, é importante não ficar parado durante o isolamento social e a dica para mudar este cenário é a prática de yoga.

A sugestão da médica está ligada ao grande volume de benefícios à saúde conquistados com a atividade e o reduzido risco de lesões. “O yoga, diferentemente de outros exercícios, não necessita de cargas extras, que podem causar lesões caso usadas de forma inadequada. Além disso, tem a capacidade de melhorar o condicionamento físico, tonificando músculos e o sistema respiratório, que são pontos extremamente importantes nesse momento”, explica.

A melhora da respiração citada pela especialista garante ainda outra vantagem importante durante a quarentena: o controle emocional. Segundo Silvana, os exercícios melhoram a consciência e a efetividade respiratória.

“Essa compreensão da respiração auxilia os praticantes do yoga a ficarem mais relaxados, e consequentemente, com menos ansiedade – algo tão comum durante esses dias de confinamento”, reforça.

Silvana lembra que, no início da prática, conquistar esse domínio não é fácil, por isso, indica sempre ter uma orientação profissional, que pode ser alcançada por meio da internet.

“Caso nunca tenha praticado, é possível buscar em aplicativos ou mesmo vídeos orientações de profissionais sérios que disponibilizam o conteúdo online”, aconselha. “É recomendado que exista rotina e que os exercícios sejam feitos por 30 minutos ou uma hora por dia”.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *