O Sindicato dos Metroviários de São Paulo está mobilizado para entrar de greve na próxima terça-feira, 05 de fevereiro. O ato deverá ser confirmado na próxima segunda-feira, 04, quando haverá uma assembleia. Na última quinta-feira, 31, a entidade programou um ato unificado da categoria em defesa dos direitos e do Acordo Coletivo.

No dia 17 de janeiro, o Sindicato publicou uma nota informando os motivos do estado de greve. “Iniciação da Campanha Salarial, contra a privatização e terceirização das bilheterias, pela manutenção da periculosidade, da escala-base e da equiparação; repúdio à punição do coordenador-geral do Sindicato, Alex Fernandes (o Metrô cerceou a liberdade de expressão do companheiro)”, declarou a categoria.

Leia também