A pedido do Ministério Público de São Paulo, o Judiciário concedeu uma liminar obrigando o município de São Paulo a nomear e empossar todos os médicos pediatras remanescentes, aprovados em concurso público realizado pela Secretaria Municipal de Saúde – dos 108 médicos aprovados, apenas 24 tomaram posse

Na sentença, a Justiça cita que “salta aos olhos, portanto, a pouca movimentação da municipalidade visando à solução da grave falta de médicos pediatras na rede pública municipal”. O prazo dado ao prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), é de 60 dias para o cumprimento do que foi determinado e fixada uma multa diária no valor de R$ 1 mil para caso de descumprimento.

Leia também

Deixe uma resposta