O Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo recomendou a reprovação das contas anuais de 2016 da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. O órgão detalha que, após uma análise, foi comprovada a baixa resolutividade dos delitos, ausência de estratégias a médio e longo prazo para lidar com a criminalidade organizada, além de uma estrutura burocrática de política pública mantida sob o modo de operação meramente inercial.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *