A licitação dos serviços de ônibus urbanos em São Bernardo do Campo foi suspensa pelo TCE – SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo). O órgão alega suspeita de irregularidades que “podem influenciar negativamente a competitividade”.

Na decisão, o conselheiro Edgard Rodrigues deu um prazo de cinco dias úteis para a gestão do prefeito Orlando Morando (PSDB) apresentar os esclarecimentos sobre os pontos levantados pela empresa que contestou os diversos pontos do edital.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *