Os munícipes de Mauá terão outro prefeito. Sim, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, concedeu ao prefeito afastado, Átila Jacomussi (PSB), o retorno à prefeitura – ele estava preso após a Polícia Federal encontrar em sua casa R$ 87 mil durante a operação Prato Feito.

As conversas para a transição do governo, que foi assumido pela vice-prefeita Alaíde Damo (MDB), já começaram e está sendo encabeçadas pelo pai de Átila e presidente da Câmara Municipal, Admir Jacomussi (PRP).

Ao que tudo indica, Alaíde vai continuar com o cargo de vice. Mas dizem por aí que após as decisões que ela tomou e dos ‘inimigos’ que conquistou, tudo pode mudar.

Leia também

Deixe uma resposta