O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo fez um alerta aos prefeitos de vários municípios paulistas após a realização das análises contábeis das receitas e despesas do 1º bimestre de 2019. Segundo o órgão, os dados indicaram insuficiência de receita que poderá comprometer o cumprimento de metas e a existência de fatos que afetam os resultados dos programas, com indícios de irregularidades na gestão orçamentária.

No Grande ABC, o recado foi para os prefeitos: Paulo Serra em Santo André; Orlando Morando (foto) em São Bernardo do Campo; José Auricchio Junior em São Caetano do Sul; Adler Teixeira em Ribeirão Pires e Luis Gabriel em Rio Grande da Serra.

O nome do ex-prefeito de Mauá, Átila Jacomussi, também consta na lista. Mas o aviso agora será direcionado a atual prefeita, Alaíde Damo.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *