A ocitocina é o principal hormônio que promove as contrações uterinas, a dilatação do colo uterino e a descida dos bebês para o parto nos mamíferos.

Mas a ocitocina é muito mais que o hormônio do parto. É o hormônio do amor!

A ocitocina não é exclusiva das mulheres, os homens também a fabricam. Sua produção é feita pelo hipotálamo.

Uma quantidade considerável desse hormônio é liberada em nosso corpo quando nos sentimos atraídos por alguém, quando desejamos partilhar com as pessoas.

Esse é o hormônio ligado às relações, que libera em nós a disponibilidade de estar, doar, se agrupar e de socializar. Trata-se do hormônio do altruísmo.

Agora vem a sacada de saber hoje sobre isso.

A ocitocina diminui as respostas de ansiedade e estresse nas interações sociais e garante uma melhor satisfação de homens e mulheres nas relações sexuais.

Então como gerar essa molécula milagrosa em nós?

Quanto mais estivermos com pessoas que gostamos, mais hormônios vamos liberando.

E quanto mais momentos de partilha você tem com outras mulheres, maior será a estimulação natural e a liberação que vai acontecer em seu corpo. Quanto mais você compartilha, mais ocitocina gera em você. E assim por diante.

Que tal essa semana chamar as amigas para uma sessão de cinema com pipoca ou sair para bater um bom papo no barzinho?

A liberação de ocitocina do seu corpo agradece…

 

Tamaris Fontanella

Contato: [email protected]

Site: www.despertarfeminino.com.br

Facebook: www.facebook.com/facedespertarfeminino

Instagram: @igdespertarfeminino/

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *