Foi depois de ver um filme mexicano que o gerente Renan Sofia, 23 anos, teve a ideia de mudar o visual e adotar um novo formato de bigode: com os fios mais longos e as pontas viradas para cima.

“Tenho um estilo diferenciado e resolvi sair do comum”, revela. A decisão teve também uma inspiração familiar: o avô usava o mesmo bigodinho pontudo. “E era esse o chamego dele”, comenta.

 

Tendência do momento

Assim como Renan, outros jovens estão aderindo à moda, que já conquistou famosos entre eles, o MC Livinho que costuma aparecer com o visual. O ator Caio Castro também adotou o estilo quando interpretou o imperador dom Pedro na novela “Novo Mundo”.

De fato, esse estilo de bigode é uma referência ao passado. Um dos maiores representantes da tendência foi o pintor Salvador Dalí (1904-1989).

Para quem quer entrar na moda, Renan conta que o segredo é o corte. “Já faço no formato que quero, para deixar bem redondinho”, revela.

O barbeiro Alex Perez, do salão Retrô Hair, recomenda o uso da tesoura para aparar os fios, na altura do lábio. “O retoque deve ser feito semanalmente ou, no máximo, a cada 15 dias. O tempo varia de pessoa para pessoa”, diz.

 

No capricho

Para conseguir modelar a ponta, a dica dos profissionais é usar pomadas e ceras específicas para barba e bigode.

“Muitos homens usam sabonete neutro ou de glicerina, mas não é indicado, porque esses produtos podem ressecar o bigode e deixar os pelos quebradiços”, orienta o barbeiro Vinicius Oliveira dos Santos, da barbearia The Unique Clothes & Barber.

Ele alerta, ainda, para o risco de usar estimulantes para o crescimento do bigode sem orientação médica.

“Esses medicamentos mexem com os hormônios do corpo e não podem ser utilizados de forma indiscriminada”, avisa o profissional.

Para quem, além do bigode, decidiu apostar em uma barba estilizada, Santos indica também fazer tratamentos com óleos, em barbearias, para evitar a foliculite, uma infecção na pele provocada por pelos encravados.

Leia também

Deixe uma resposta