O presidente Michel Temer assinou um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. Neste ano, a medida começará a valer no primeiro domingo de novembro – em 2017, o horário de verão entrou em vigor no terceiro domingo de outubro.

A data do final não foi modificada e continuará sendo o terceiro domingo de fevereiro.

 

Por que reduzir?

A redução atende o pedido do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, que solicitou a mudança na vigência do horário de verão de 2018 por causa das eleições.

Segundo o Tribunal, a medida facilitará a apuração dos votos, uma vez que o país não terá uma diferença tão extensa de fusos horários.

O primeiro turno da eleição de 2018 será dia 7 de outubro e o segundo, dia 28 do mesmo mês.

Leia também