Para que algo de inédito aconteça em nossas vidas no início do ano é necessário que façamos o fechamento do ciclo que está terminando abrindo caminho para novos horizontes, novos olhares.

O final de cada ano vem acompanhado, muitas vezes, por reflexões sobre o que foi feito durante aquele período. Em nosso balanço anual da vida avaliamos as conquistas, as perdas, se fomos felizes ou não, nossas frustrações. Enfim, tudo que nutriu este ciclo. No geral, a tendência é que evidenciemos mais as perdas. Quando isso acontece fica muito difícil zerar e recomeçar.

Fechar um ciclo nada mais é do que iniciar um novo capítulo, não desconsiderando, é claro, o livro todo. Para um recomeço é importante entender e analisar sobre tudo que passamos e assim dar um novo significado. É natural que o desconhecido nos remeta ao medo e a insegurança, porém este mesmo novo nos dá a sensação de esperança.

Esperança é confiar que algo bom acontecerá. Para tal é preciso sonhar, idealizar, criar e concretizar projetos, definir metas e objetivos. Entender que o Ano Novo não nos obriga a desempenhar novas funções ou mesmo mudar drasticamente, mas sim respeitar o desejo de cada um e olhar para si. Coisas ruins acontecem, passam e o melhor que podemos fazer é deixar irem embora. As boas são sempre bem vidas e convidadas a permanecerem. O grande diferencial será permitir que a mudança aconteça ao seu tempo e de maneira solida. Semear e cuidar das sementes.

Dizer simplesmente que o ano acabou é diminuir muito toda a força de transformação que este fechamento de ciclo representa, é preciso dar uma forma concreta a essa certeza. Isto é possível por intermédio dos rituais onde os gestos, palavras e formalidades serão utilizadas de maneira simbólica, permitindo assim que as coisas aconteçam. Eles alimentam os sonhos e dão vida às celebrações.

Enfim, que todos possam ter um lindo e agradável Réveillon, celebrado segundo suas crenças, guiados pelos seus sonhos e desejos, mas sempre acreditando que serão realizados.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *